DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Quando você constata que é maníaca...

Leitores Maníacos

Sempre quando penso na morte e na separação das coisas materiais, penso nos meus livros. Terá livros na vida após a morte?
Não sei como vou viver ups morrer, sem livros.
No momento estou lendo “A Estrada” de Mccarthy, Cormac, um livro muito louco.
Mais que um relato apocalíptico, é uma comovente história sobre amadurecimento, esperança e sobre as profundas relações entre um pai e seu filho.
Uma vez Ricardo, um amigo meu, me emprestou um livro com a seguinte recomendação:
- Ó eu vou emprestar, eu não gosto de emprestar, porque preciso dele na minha estante. Então você tem um mês pra ler.
Por favor, devolva, não sei viver sem ele.
Eu compreendo perfeitamente tudo, que ele disse.
Demorei três meses para devolver, mas liguei pra avisar que o livro estava sendo cuidado, que eu já tinha lido e tinha amado.
Eu disse que ainda não tinha devolvido por pura falta de tempo.
Um dia, encontrei a esposa do meu amigo, ela disse que ele andava preocupado com a demora da devolução do livro.
Terminei de ler e mandei entregar.Soube que ele ficou muito feliz!
Os livros são partes de nós, somos leitores maníacos.


Fonte: achei esse texto no maravilhoso blog da Denise Portes - O Delírio da Bruxa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário