DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

domingo, 24 de janeiro de 2010






Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível.... Tenho um ritmo que me complica, uma vontade que não passa, uma palavra que nunca dorme. Quase nunca estou pra ninguém. Mudo de humor conforme a lua. Me irrito fácil. Me desinteresso à toa. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui. Mas não tem nada, não. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é."

Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário