DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

sábado, 6 de março de 2010

ESCONDERIJO

Procuro a Solidão
Como o ar procura o chão
Como a chuva só desmancha
pensamento sem razão

Procuro esconderijo
encontro um novo abrigo
como a arte do seu jeito
e tudo faz sentido

calma pra contar nos dedos
beijo pra ficar aqui
teto para desabar
você para construir

UuuuDarundê Darundê Rirê Uuu Darundê Darundê Iê


Procuro a Solidão
Como o ar procura o chão
Como a chuva só desmancha
pensamento sem razão

Procuro esconderijo
encontro um novo abrigo
como a arte do seu jeito
e tudo faz sentido

calma pra contar nos dedos
beijo pra ficar aqui
teto para desabar (Aaaa)
você para construir

UuuuDarundê Darundê Rirê Uuu Darundê Darundê Iê



Composição: Ana Cañas

Nenhum comentário:

Postar um comentário