DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

terça-feira, 4 de maio de 2010

Quero entrar no mar do outro























Já tive amor a fogo baixo, morno. O relacionamento não era ruim mas também não era bom: era feito tinta desbotada, folha envelhecida. Na tentativa de não sentir dor, vivia um amor apagado e assim ia vivendo meio viva, meio morta.

E quem disse que amor morno também não dói?! E para que viver nos cinzas da apatia quando se tem o laranja, o vermelho e o rosa infinito? 
Não ao amor apagado! 
Quero Amor que me tire do chão, que me faça voar os olhos
e me encha de Sol o peito. 

Vou dançar pelos fios do tempo,
Amar livre sob o ar...
Quero entrar no mar do outro
e descobrir o cintilar.



Tonin


http://alegria-tonin.blogspot.com/


Ilustração: Irisz Agocs

Nenhum comentário:

Postar um comentário