DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

sábado, 1 de janeiro de 2011

Grávida



Creio que tenho alma de mulher grávida. Ou melhor, creio ser uma mulher de eterna gravidez. Sou uma mulher de esperas, ainda que tudo tenha. Estou sempre esperando algo que parece fecundado mas que parece nunca encontrar a hora de romper a bolsa da chegada. Vivo de esperas mesmo carregada de tantos frutos nascidos. A cada nascimento de uma felicidade, de uma conquista, de uma alegria, de uma boa nova, descubro-me, novamente, mais grávida do que nunca. Estou grávida de sonhos que só fazem crescer dentro de mim. É bonito até, mas com tantas crias, como tenho coragem de engravidar e engravidar e engravidar? Meu fecundador é muito sedutor e resolveu criar um time de alegrias contagiantes. Já tivemos meninas apelidadas de conquistas, e meninos, chamados de objetivos alcançados, mas queremos mais, queremos uma família imensa de pimpolhos sorridentes feito anjos que circundem nossas vidas de alegria e sentido pra existência. O milagre da vida tem seu tempo e enquanto for meu tempo, não haverei de deixar de aceitar cada gestação, por mais incômodo e pesado que possa parecer. Nasci pra ser mãe de mim mesma e pra viver em estado interessante. Interessante de espera. Que venham todos os meus eus, os filhos dos meus eus, meus eus multiplicados em sonhos ilusões aspirações e afins porquê, ainda existe muito espaço para uma imensa família, aqui, bem dentro de mim.


*



Be Lins


http://umaestrelanamao.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário