DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011


Poema Líquido

Essa ansiedade de não ser, para se contar quem se é.
Essa maldade de não aprender a esperar para tudo ter.
Essa conexão 24 horas.
Esse monólogo coletivo que aprendemos a chamar de conversa.
Essa desunião que se agarra.
Essa maldade com a imperfeição.
Esses corpos magros e vendáveis nessas ruas opulentas.
[tanto lixo entope nossas canaletas e artérias]
Essa ejaculação precoce.
Esses cabelos alisados.
Esses peitos plastificados.
Esse calor.
Esse frio.
Esse tempo que corre antes mesmo de acontecer.
Esses acontecimentos que se perdem na falta de tempo.
Essas histórias que se misturam sem começo, nem meio nem fim.
Essas pessoas em série.
Esses romances abortados.
Essa felicidade de tarjas pretas.
Esse grito abafado.
Essas palavras não construídas.
Essas mãos nunca dadas.
Esse desejo com cobertura extra.
Esse consumo.
Esse lixo.
E tudo o que não se renova.
Essas mensagens para não dizer nada.
Essa manutenção de cordialidades.
Essa engrenagem podre.
Essas coisas.
Essa indiferença.
Essa liquidez que tem transformado o amor em uma brincadeira de mau gosto. 
Helga
http://sobrenomeprojeto.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Oi!!

    Isso mesmo, passa lá no http://viajapensamentos.blogspot.com copia e cola no seu blog!!!

    O meu blog já tem 02 selinhos especiais para meus seguidores ou para quem só está de passagem, pode ir ao final do blog e pegar o seu.!!
    bjocas
    Márcia

    ResponderExcluir