DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

terça-feira, 28 de junho de 2011


4 comentários:

  1. Mas cuidado!
    Precisamos evoluir nossa concepção de AMOR.
    Ajudar os outros tem que ser fruto de "SERMOS NÓS MESMOS".
    Se ajudar os outros necessitar que "saiamos de nós mesmos", então o mundo nunca vai ser bom.
    Precisamos entender o AMOR como o "Encontro de nós mesmos no outro".

    ResponderExcluir
  2. É verdade!
    Esse cuidado é essencial.
    É impossível ajudar se não somos nós mesmos.
    Pode até ser que exista quem tente, mas com certeza sem êxito...

    ResponderExcluir
  3. Imagina se Amar fosse deixar de ser si mesmo!

    Acho que ia ser a mesma sensação do desespero e da depressão!

    ResponderExcluir
  4. Não posso nem imaginar...
    O amor SÓ acontece se somos nós mesmos.
    Com certeza quem deixa de Ser para amar, não está sendo, nem amando.
    A conseqüência é o desespero e a depressão.

    ResponderExcluir