DOE PALAVRAS

Um movimento para levar mensagens de força aos pacientes com câncer do Instituto Mário Penna.

http://www.doepalavras.com.br/

domingo, 18 de dezembro de 2011

Que as coisas funcionam melhor quando a gente escuta o coração. Parece simples, dizendo assim: ouvir o coração. Mas não, moço, não é tão fácil quanto parece e às vezes se mete os pés pelas mãos sem nem se dar conta do acontecido. Tomar um caminho distante do que diz o coração, daquela verdade que tem raízes do lado de dentro, é coisa que se faz sem perceber, num descuido, e por deus, que erros cometemos assim, quantos – erros que doem por muito tempo, uma dor aguda e latejada, que demora demais a deixar de doer, se é que esse dia chega. Fico aqui muito quieta e concentrada tentando enfim compreender, ouvir essa voz que vem do lado de dentro e me diz de uma vez qual é o caminho, fico atenta, dedicada. Às vezes escuto e compreendo sem ter muito trabalho, outras vezes não. Há as vezes em que mesmo escutando, escolho ignorar, porque não dou conta de seguir o caminho indicado. Quando acontece assim, invariavelmente me arrependo no fim – melhor seria ter escutado a voz e fazer o que dizia o coração, teria tido menos trabalho e poupado um bocado de cansaço e tristeza. Muito melhor. Ele sabe o que diz, sempre sabe o que diz – um dia eu aprendo essa bela verdade, de uma vez por todas.


Renata Penna


http://bichosoltoblog.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário